Normas para autores/as

Os autores/as devem utilizar o TEMPLATE da revista e3.

 

TIPOS DE MANUSCRITOS

A e3 publica Artigos originais, artigos de revisão, ensaios e recensões críticas/resenhas.

Os manuscritos devem ser submetidos em suporte digital, numa versão recente do Microsoft Word.

 

FORMULÁRIO DE IDENTIFICAÇÃO

Todos os manuscritos são acompanhados obrigatoriamente do Formulário de Identificação

No Formulário de Identificação, o/a autor/a correspondente deve:

- Mencionar todos/as os/as autores/as do manuscrito pela ordem a aparecer na publicação;

- Ter em atenção aos nomes completos que ficarão associados ao manuscrito;

- Apresentar a afiliação de cada autor/a, incluindo a Universidade, a Faculdade, o Departamento / Centro de Investigação, o cargo, cidade, país, ORCID e e-mail institucional;

- O/a autor/a correspondente deve estar devidamente identificado e deve apresentar a sua morada institucional completa.

 

DIMENSÃO DOS MANUSCRITOS

Os artigos não devem exceder 8000 palavras, excluindo títulos, resumos, palavras-chave, bibliografia, figuras e quadros.

Os ensaios não devem ultrapassar 4000 palavras.

As recensões críticas/ resenhas devem ter no máximo 2500 palavras. Estas tipologias não carecem de resumos.

 

FORMATAÇÃO DOS MANUSCRITOS

Todos os manuscritos devem ser formatados de acordo com o TEMPLATE disponibilizado pela e3.

Caso o manuscrito não seja submetido segundo o template, este não seguirá para revisão.

O corpo do texto deve seguir o tipo de letra Arial Nova Cond, tamanho 11, espaçamento 1,15 entre linhas.

 

TÍTULOS / RESUMOS / PALAVRAS-CHAVE

É obrigatória a apresentação de títulos, resumos e palavras-chave (máximo de 5) em português e inglês.

Os resumos devem apresentar cerca de 200 palavras e não devem conter referências bibliográficas nem citações.

 

FIGURAS

A palavra “Figuras” contempla os seguintes tipos de imagens: mapas, gráficos, desenhos, fotografias, infografias.

O título deve estar na língua original do manuscrito. Deve ser conciso e exprimir o conteúdo da figura.

A fonte só deve ficar expressa se tiver havido recurso a autores/as que não os do texto.

Todas as figuras devem ser referidas no corpo do texto, usando a palavra “Figura” se esta ficar no meio da frase, ou a abreviatura “Fig.” caso se usem parêntesis [ex: (Fig. 1)].

As figuras devem ter qualidade e legibilidade suficientes para o processo de edição da revista (A4). Desta forma poderá ser solicitado ao/s autor/es o envio, em ficheiro individualizado, das mesmas, referindo o sobrenome do/a primeiro/a autor/a, n.º da figura e extensão (ex: Goncalves_fig.2. jpeg).

 

GRÁFICOS

Todos os gráficos devem estar em formato editável no ficheiro Word do manuscrito ou ser enviados em ficheiro suplementar em Excel (ou outro formato).

Os gráficos devem identificar as unidades de medida nos eixos, evitar linhas no interior e não ter linha externa (caixa).

 

TABELAS

A formatação tas tabelas contempla linhas horizontais, sem limites verticais exteriores, sendo permitidas linhas verticais internas. As tabelas devem ser simples e preferencialmente caber numa só página, evitando frases longas, números extensos e demasiadas casas decimais. 

Todas as tabelas devem ser referidas no corpo do texto, usando a palavra “Tabela”, no meio da frase ou entre parêntesis [ex: (Tabela I)], seguida de sequência numérica romana.

Todas as tabelas devem estar em formato editável no ficheiro Word do manuscrito (independentemente da autoria).

O título deve estar na língua original do manuscrito. Deve ser conciso e exprimir o conteúdo da tabela. A fonte só deve ficar expressa, se tiver havido recurso a autores/as que não os do texto.

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

A formatação das referências bibliográficas deve cumprir todos os requisitos das Normas APA 7ª Edição (consultar Normas APA 7ª ed.).

As referências bibliográficas correspondem exclusivamente às obras referenciadas no manuscrito e devem ser inseridas no final do manuscrito, na secção “Referências Bibliográficas”.

As referências bibliográficas organizam-se por ordem alfabética. No caso de existirem diversas obras do/a mesmo/a autor/a, segue-se a ordem cronológica. Se existir mais do que uma obra do mesmo ano e autor/a, acrescentam-se ao ano as letras “a”, “b”, “c”, etc. (ex. 2020a).

Todos os títulos que não estejam em inglês devem ser traduzidos para esse idioma (a colocar entre parêntesis retos após o título original), excetuando-se os documentos legais.

A e3 apoia a utilização de software de gestão bibliográfica (Mendeley, EndNote, entre outros). Porém, os/as autores/as devem certificar-se de que as suas referências bibliográficas incluem todos os elementos necessários e cumprem as normas da APA 7ª Edição.

 

NOTAS DE FIM DE TEXTO

As notas imprescindíveis (máximo de 10) terão numeração romana e deverão ser incluídas no final do manuscrito como “notas de fim”.

Não são permitidas notas que sejam apenas referências bibliográficas.

 

NOTAS DE RODAPÉ

As referências bibliográficas que apareçam em notas de rodapé e não incluídas na lista de referências no final do artigo não serão tidas em conta e podem inviabilizar a publicação do manuscrito.