Patrimônio cultural e cat´ástrofe Os concursos internacionais não-oficiais realizados para a Notre Dame de Paris após o incêndio de 2019

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Bianca Manzon Lupo
https://orcid.org/0000-0001-7493-8606

Resumo

O estudo pretende analisar as relações estabelecidas entre arquitetura contemporânea e patrimônio histórico em contextos de catástrofe, tendo como objeto principal o caso da Notre Dame de Paris depois do incêndio ocorrido em 2019. No dia seguinte à tragédia, o primeiro Ministro Edouard Philippe anunciou o possível lançamento de um concurso internacional de arquitetura para reconstruir a catedral a partir de uma “reconstrução inventiva”. Em resposta, arquitetos de todo o mundo publicaram nas redes sociais propostas para a reconstrução da Notre-Dame. Foram realizados dois concursos não-oficiais promovidos pelos websites Freelancer.com e Go Archictect. O Senado reagiu afirmando que a restauração deveria recuperar o último estado visualmente conhecido da catedral. O artigo analisará o conjunto de propostas realizadas para a Notre Dame, sugerindo categorias analíticas para o entendimento dos principais temas projetuais levantados: A Catedral do Futuro; As arquiteturas de outro lugar; A Notre Dame Sustentável; Paris, cidade-luz; O simbolismo da água; A eternização da catástrofe; As novas tecnologias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Manzon Lupo, B. (2021). Patrimônio cultural e cat´ástrofe: Os concursos internacionais não-oficiais realizados para a Notre Dame de Paris após o incêndio de 2019. Herança - Revista De História, Património E Cultura, 4(2), 018–038. https://doi.org/10.29073/heranca.v4i2.316
Secção
Artigos

Referências

Abramovitch, I. (2019, 14 de maio). Architect responds to controversy over his proposal to top Notre Dame with a glass roof. Elle Décor.
Araújo, G. (2019, 17 de abril). A catedral de Notre Dame tem importância em vários campos, não apenas para os franceses. Jornal Metamorfose.
Augusto, T. (2019, 16 de abril). Assassin´s Creed Unity será usado na reconstrução da Catedral de Notre Dame. Canaltech.
Arantes, O. (2015). O lugar da arquitetura depois dos modernos. São Paulo: Edusp.
Argan, G. (1992). Arte Moderna. Do Iluminismo aos movimentos contemporâneos. São Paulo: Companhia das Letras.
Baldwin, E. (2019, 09 de agosto). Zeyu Cai e Sibei Li vencem concurso de ideias para a Catedral de Notre Dame. Archdaily.
CAU-BR (2019, 17 de abril). França anuncia Concurso de Arquitetura para reconstruir torre da Notre Dame.
Costa, L. (2013). A luz como modeladora de espaço na arquitetura. Dissertação (Mestrado em Arquitetura). Curitiba: Universidade da Beira Interior.
Design Class Articles (2020). Disponível em: . Acesso em: 28 dez. 2020.
El País (2019, 16 de maio). De bosque a piscina: 12 propostas de arquitetos para Notre Dame.
Fabre, D. (2019). Catástrofe, memória, intervenção ou o monumento como evento. Revista Memória em Rede. Pelotas: v. 11, n. 21.
Folha de São Paulo (2019, 14 de maio). Plano de Notre Dame contemporânea divide opiniões na França.
France24 (2019, 16 de abril). Emmanuel Macron: “We will rebuild Notre-Dame, and I want it to be rebuilt in five years”.
Freelancer.com (2019). Disponível em: . Acesso em: 28 dez. 2020.
Gazeta do Povo (2019, 12 de agosto). França aprova construção de projeto moderno em Notre Dame.
Go Architect (2019). Visions of Notre Dame: beautiful and wacky ideas for the future of Notre Dame Cathedral.
Goedert, V. (2004). O simbolismo da água. Encontros Teológicos, n. 1.
Hed (2019, 05 de agosto). Hed Architect Jenifer Cole, AIA, earns honorable mention in The People´s Notre Dame Design Competition.
Hilburg, J. (2019, 22 de abril). Foster + Partners pitches new Notre Dame spire as competition heats up. The Architect´s Newspaper.
Lapuente, R. (2016). A imprensa como fonte: apontamentos teórico-metodológicos iniciais acerca da utilização do periódico impresso na pesquisa histórica. Revista de História Bilros, pp. 11-29.
Lemaire, R. (1994). Autenticidade e patrimônio monumental. Napoli, 1994, p. 7-24.
Lennon, J. & Foley, M. (2000). Dark Tourism: the attraction of death and disaster. London: Continuum.
Logan, Cameron (2019). Should Notre Dame cathedral be repaired or preserved in its damaged state? News.
Loiola, C. (2020, 15 de julho). Reconstrução da Catedral de Notre-Dame, em Paris, será idêntica à original. Metrópoles.
Marshall, A. (2019, 10 de maio). Glass, Golden Flames or a Beam of Light: what should replace Notre-Dame´s spire? The New York Times.
Montaner, J. (2016). A condição contemporânea da arquitetura. Barcelona: Gustavo Gili.
Montaner, J. (2012). A modernidade superada. Ensaios sobre arquitetura contemporânea. São Paulo: Gustavo Gili.
Pevnser, N. (2015). Panorama da arquitetura ocidental. São Paulo: WMF Martins Fontes.
Ramos, C. (2013). Paris, a cidade luz no terceiro milênio. Belo Horizonte: Revista UFMG.
Reis, D. (2016). Literatura e arquitetura: Notre Dame de Paris sob os constructos de Argan. Revista Ecos.
RFI (2019, 03 de maio). Veja os projetos mais ousados para reconstruir a catedral de Notre Dame.
Riegl, A. (2014). O culto moderno dos monumentos. A sua essência e a sua origem. São Paulo: Perspectiva.
Rowe, Collin e Slutzky, Robert (1985). Transparência Literal e Fenomenal. Rio de Janeiro: Revista Gávea, pp. 33-50.
Santos, A. & Silva, I. (2018). Paris: de cidade-luz a espaço d´Os Miseráveis. XIX Encontro Nacional de Geógrafos.
Solà-Morales, I. 2013). Do contraste à analogia: novos desdobramentos do conceito de intervenção arquitetônica. In: Nesbitt (Org.) Uma nova agenda para a arquitetura. Antologia teórica 1965-1995. São Paulo: Cosac Naify.
The Local (2019, 28 de maio). French Senate says Notre-Dame must be restored exactly how it was.
Tokman, M. The WOW factor: creating value through win-back offers to reacquire lost customers. Journal of Retailing, 2007, p. 47-64.
Yin, R. (2001). Estudo de caso: planejamento e métodos. Porto Alegre: Bookman.
Walsh, N. (2019, 31 de maio). Senado francês defende restauração da Notre-Dame a seu estado original. Archdaily.
Weedon, A. (2019, 17 de maio). Notre Dame´s design competition is one for the ages, but some hope it´s just one for Instagram. News.
Wisnik, G. (2018). De dentro do nevoeiro. São Paulo: Ubu.