Anália Vieira do Nascimento, Uma Portoalegrense no Almanaque de Lembranças Luso-Brasileiro

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Cecil Jeanine Albert Zinani
https://orcid.org/0000-0002-8656-8865

Resumo

O propósito deste artigo é apresentar a escritora porto-alegrense Anália Vieira do Nascimento, destacando sua contribuição para o Almanaque de Lembranças Luso-Brasileiro, editado em Portugal entre 1851 e 1932. Anália, uma das onze senhoras gaúchas que participaram do Almanaque, teve uma atuação proeminente, tendo em vista que publicou durante 22 anos, de 1871 a 1893. Além da exposição de dados biográficos, procede-se à exemplificação das diferentes modalidades de textos publicados: passatempos (charadas, enigmas e logogrifos), poemas líricos e o único texto em prosa. Também são comentadas algumas epígrafes de diferentes produções, como também a recepção que a obra da autora teve em âmbito nacional e internacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Albert Zinani, C. J. (2021). Anália Vieira do Nascimento, Uma Portoalegrense no Almanaque de Lembranças Luso-Brasileiro. Herança - Revista De História, Património E Cultura, 5(1). https://doi.org/10.29073/heranca.v5i1.459
Secção
Artigos

Referências

BLAKE, A. V. S. (1883). Diccionario bibliographico brazileiro. Tipographia Nacional.
CHAVES, V. P. (2014). O Almanaque de Lembranças e o Rio Grande do Sul. In: CHAVES, Vânia Pinheiro (Ed.). O Rio Grande do Sul no Almanaque de Lembranças Luso-Brasileiro. Gradiva, p. 35-54.
COELHO, N. N. (2002). Dicionário crítico de escritoras brasileiras: (1711-2001). Escrituras.
CULLER, J. (1997). Sobre a desconstrução. Tradução de Patrícia Burrowes. Record; Rosa dos Tempos.
FEDERAÇÃO (A): Orgam do Partido Republicano de 24 de abril de 1884. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/DocReader.aspx?bib=252263&pesq=Annalia%20Vieira Acesso em 5 de maio de 2018.
NOVO Almanaque de Lembranças Luso-Brasileiro para 1873. https://babel.hathitrust.org/cgi/pt?id=nyp.33433084717010&view=1up&seq=7&skin=2021
NOVO Almanaque de Lembranças Luso-Brasileiro para 1874. https://babel.hathitrust.org/cgi/pt?id=nyp.33433084716905&view=1up&seq=9&skin=2021
NOVO Almanaque de Lembranças Luso-Brasileiro para 1876. https://babel.hathitrust.org/cgi/pt?id=nyp.33433084717028&view=1up&seq=1&skin=2021
NOVO Almanaque de Lembranças Luso-Brasileiro para 1882. https://babel.hathitrust.org/cgi/pt?id=hvd.32044048706956&view=1up&seq=13&skin=2021
NOVO Almanaque de Lembranças Luso-Brasileiro para 1884. https://babel.hathitrust.org/cgi/pt?id=hvd.32044048706980&view=1up&seq=72&skin=2021
NOVO Almanaque de Lembranças Luso-Brasileiro para 1887 (suplemento). https://babel.hathitrust.org/cgi/pt?id=uc1.b0000046102&view=1up&seq=5&skin=2021
MELLO, A. M. L. de (2014). A poesia lírica no Almanaque de rio Lembranças. Um caso: Anália Vieira do Nascimento. In: CHAVES, Vânia Pinheiro (Ed.). In: O Rio Grande do Sul no Almanaque de Lembranças Luso-Brasileiro. Gradiva, p. 55-73.
SAMPAIO, R. D. (2019). Produção e recepção de Anália Vieira do Nascimento no Almanaque de Lembranças Luso-Brasileiro (1871-1898). [Dissertação de Mestrado, Universidade de Caxias do Sul]. https://repositorio.ucs.br/xmlui/bitstream/handle/11338/5215/Dissertacao%20Rebecca%20Demicheli%2Sampaio.pdf?sequence=1&isAllowed=y
SCLHEE, A. G. (2014). O presente e o passado de um almanaque. Prefácio. In: CHAVES, V. P. (Ed.). O Rio Grande do Sul no Almanaque de Lembranças Luso-Brasileiro. Gradiva. p. 7-24
VERÍSSIMO, J. (1998). História da literatura brasileira: de Bento Teixeira (1601) a Machado de Assis (1908). Letras & Letras. (Edição comemorativa).
VILAS BÔAS, P. (1974). Notas de bibliografia sul-rio-grandense: autores. A Nação.
WEIGERT, B. (2017). Anália Vieira do Nascimento: 1854-1911. Biblioteca Nacional de Portugal. E-Book.