https://revistas.ponteditora.org/index.php/heranca/issue/feed Heranca - Revista de Historia, Patrimonio e Cultura 2021-07-15T17:25:35-04:00 Isabel Cruz Lousada editor-chief_heranca@ponteditora.org Open Journal Systems <p style="text-align: justify;">A<strong> Herança – Revista de História, Património e Cultura</strong> é uma revista semestral dedicada à pluralidade de temas que envolvem a História, o Património e a Cultura. Abrangerá as várias vertentes do conhecimento com especial relevo para a História, Arqueologia, Arquitetura, História da Arte, Teoria da Arte, Museologia e Museografia, Estudos Curatoriais, Inventário e salvaguarda do Património, Ciências do Património, Conservação e Restauro, Gestão e Estudos da Cultura e Turismo Cultural. Com a finalidade de divulgar estudos apoiados em perspetivas alargadas e pluridisciplinares, que se destaquem pela sua qualidade e originalidade, os artigos científicos serão publicados em português ou inglês, destinados a investigadores e profissionais da área das Ciências Sociais e Humanas em Portugal, na CPLP e na Diáspora de língua portuguesa.</p> https://revistas.ponteditora.org/index.php/heranca/article/view/433 Revista Herança Vol 4 N1 2021-07-15T17:23:10-04:00 Ponte Editora geral@ponteditora.org <p>Revista Herança Vol 4 N1</p> 2021-06-25T13:32:03-04:00 Direitos de Autor (c) 2021 Herança - Revista de História, Património e Cultura https://revistas.ponteditora.org/index.php/heranca/article/view/434 Editorial Herança 2021-07-15T17:22:48-04:00 Isabel Lousada editor-chefe_heranca@ponteditora.org <p>Editorial Herança</p> 2021-06-25T13:36:00-04:00 Direitos de Autor (c) 2021 Herança - Revista de História, Património e Cultura https://revistas.ponteditora.org/index.php/heranca/article/view/201 A fiscalização dos Expostos em Leiria 2021-07-15T17:25:35-04:00 Diana Alexandra Simões Carvalho dianacarvalho.pt@gmail.com <p><strong>A fiscalização dos Expostos em Leiria. Estudo do Regulamento de 1879.&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp; <br> Diana Alexandra Simões Carvalho&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp; <br> </strong><a href="mailto:dianacarvalho.pt@gmail.com"><strong>dianacarvalho.pt@gmail.com</strong></a><strong><br> </strong><a href="https://flup.academia.edu/DianaCarvalho"><strong>https://flup.academia.edu/DianaCarvalho</strong></a><strong> <br> <br> </strong></p> <p><strong>Sinopse&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp; <br> </strong>O presente trabalho versa sobre as formas de fiscalização da Junta Geral de Distrito face à exposição infantil, através do estudo do Regulamento de 1879. &nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp; <br> <strong>Palavras-chave:</strong> Expostos, Regulamento, Século XIX, Leiria, Portugal.</p> <p><br> <strong>Abstract<br> </strong>The present paper is a study about the forms of supervision of the Junta Geral de Distrito of Leiria concerning child abandonment, through the analysis of its regulations, published in the year of 1879. <strong>&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp; <br> </strong><strong>Key-Words: </strong>Child abandonment, Regulation, 19<sup>th</sup> century, Leiria, Portugal.</p> <p>&nbsp;</p> 2021-06-25T00:00:00-04:00 Direitos de Autor (c) 2021 Herança - Revista de História, Património e Cultura https://revistas.ponteditora.org/index.php/heranca/article/view/351 A Arte urbana e o Turismo: uma proposta contradiscursiva sobre as práticas artísticas no espaço público urbano e os impactos do turismo 2021-07-15T17:24:48-04:00 Diogo Goes diogo.costa.goes@gmail.com <p>A intervenção&nbsp;artística no espaço público urbano,&nbsp;no uso de um discurso específico sobre arte contemporânea e do exercício de práticas curatoriais,&nbsp;carece de uma identificação com o "lugar" - espaço habitado e vivencial, no qual se criam hábitos -&nbsp;e com a sua envolvente situacional e social,&nbsp;bem como, do reconhecimento de um contexto identitário, histórico e social, subjacente à especificidade do desenvolvimento urbano&nbsp;herdado e sobre aquele que se projeta para o futuro, da pós-intervenção. Não sendo&nbsp;consensual, todas as diferentes&nbsp;perspetivas&nbsp;possíveis,&nbsp;sobre a consideração de hipóteses de uma objetualização da intervenção artística, num sentido utilitário dessa intervenção,&nbsp;é de extrema importância que as mesmas sejam as mais adequadas e de acordo com um referencial histórico e cultural, adequado à especificidade de cada "lugar" ocupado, território de Turismo.&nbsp;Torna-se fundamental contextualizar cada intervenção, tida por artística, com outras práticas discursivas sobre o espaço público, ao nível internacional, mais bem-sucedidas, verificando os impactos, se existentes no turismo&nbsp;e nas áreas conexas. Pretende-se analisar, não só uma "pura" vertente da intervenção artística, no seu enquadramento conceptual e de revisão bibliográfica das melhores práticas em termos da Arte,&nbsp;mas também analisar os diferentes impactos que a mesma produz no turismo cultural das cidades e no desenvolvimento social e humano na sociedade onde está inserida. Concluiu-se que arte no espaço público urbano está intimamente ligada a um discurso político que procura contemporanizar as cidades, de modo a constituí-las como marca global e polo de atração turística. Para isso a arte no espaço público urbano, tem vindo a ser interpretada não pela sua capacidade discursiva, mas pelo deleite estético, não respondendo por isso às reais necessidades de reabilitação urbana quer no domínio arquitetónico, quer no social. Conclui-se que, por hipótese, a arte ao tentar responder às premissas do Turismo, autodetermina-se subvertendo a lógica da sua conceção e em vez de potenciar a inclusão social, poderá tornar-se fator de exclusão.</p> 2021-06-25T00:00:00-04:00 Direitos de Autor (c) 2021 Herança - Revista de História, Património e Cultura https://revistas.ponteditora.org/index.php/heranca/article/view/239 O “(re)aportuguesamento” através da cultura popular: do séc. XIX aos nossos dias 2021-07-15T17:24:02-04:00 José Carlos Meneses Rodrigues carlosmeneses@iesfafe.pt <p>A motivação para este estudo nasceu do interesse em clarificar o desempenho do SPN (Secretariado para a Propaganda Nacional) e do SNI (Secretariado Nacional de Informação) na concretização da “Política do Espírito” através da mitificação da paisagem e dos valores culturais adulterados pelas implicações do nacionalismo. O objetivo principal consistiu na indagação da evolução da cultural popular, via etnografia e folclore, do séc. XIX aos nossos dias, servindo-nos de uma metodologia qualitativa mediante a leitura de especialistas em bibliografia física e digital. Estabelecemos um plano de trabalho com seis tópicos, destacando-se o “reaportuguesamento” no ideário estado-novista. Concluímos que a cultura popular – no âmbito do património tangível e intangível - tem servido, nos últimos 150 anos, os regimes políticos de forma díspar, alcançando, nos nossos dias, um patamar de transversalidade social.</p> 2021-06-25T13:17:56-04:00 Direitos de Autor (c) 2021 Herança - Revista de História, Património e Cultura https://revistas.ponteditora.org/index.php/heranca/article/view/276 Os Equipamentos Culturais sob a tutela da Câmara Municipal de Tomar 2021-07-15T17:23:33-04:00 Francisco Oliveira olifran1996@gmail.com <p>No decorrer do ano de 2020, o deflagrar da COVID-19 salientou as vulnerabilidades do setor cultural, sendo aplamente noticiado o encerramento forçado dos equipamentos culturais, evidenciando-se as consequências ao longo do processo de abertura gradual dos mesmos. O estudo que agora se apresenta agregou um conjunto disperso de observações já existentes, de modo a tornar empiricamente visíveis das dimensões das referidas consequências, tendo como variável o n.º de visitantes aos equipamentos culturais/patrimoniais sob a tutela da Câmara Municipal de Tomar.</p> 2021-06-25T13:23:31-04:00 Direitos de Autor (c) 2021 Herança - Revista de História, Património e Cultura https://revistas.ponteditora.org/index.php/heranca/article/view/329 Florbela Espanca na pintura de Isabel Nunes 2021-07-15T17:25:11-04:00 Elisangela da Rocha Steinmetz elisangela.steinmetz@edu.ulisboa.pt 2021-06-25T00:00:00-04:00 Direitos de Autor (c) 2021 Herança - Revista de História, Património e Cultura https://revistas.ponteditora.org/index.php/heranca/article/view/432 Uma edição de ouro: Vida e obra de Virgínia Victorino 2021-07-15T17:24:24-04:00 António Carlos Cortez letracortez@ghotmail.com 2021-06-25T00:00:00-04:00 Direitos de Autor (c) 2021 Herança - Revista de História, Património e Cultura