https://revistas.ponteditora.org/index.php/heranca/issue/feed Herança - Revista de História, Património e Cultura 2021-01-23T03:28:11-05:00 Ponteditora, Sociedade Unipessoal Lda. geral@ponteditora.org Open Journal Systems <p>Revista dedicada ao estudo da História, Património e Cultura. Abrange várias vertentes do conhecimento, desigandamente: História, Arqueologia, Arquitetura, História da Arte, Teoria da Arte, Museologia e Museografia, Estudos Curatoriais, Inventário e salvaguarda do Património, Ciências do Património, Conservação e Restauro, Gestão e Estudos da Cultura e Turismo Cultural. Dissemina estudos de perspetiva alargada e pluridisciplinares, que se destaquem pela sua qualidade e originalidade. Os artigos científicos são publicados em Português, para a CPLP e Diáspora de língua portuguesa no mundo.</p> https://revistas.ponteditora.org/index.php/heranca/article/view/321 Revista Completa 2021-01-23T03:23:59-05:00 Ponte Editora geral@ponteditora.org 2020-12-31T06:58:20-05:00 Direitos de Autor (c) 2020 Herança - Revista de História, Património e Cultura https://revistas.ponteditora.org/index.php/heranca/article/view/320 Editorial 2021-01-23T03:28:11-05:00 Isabel Lousada isabel.lousada@fcsh.unl.pt <p>Editorial</p> Direitos de Autor (c) 2020 Herança - Revista de História, Património e Cultura https://revistas.ponteditora.org/index.php/heranca/article/view/310 Tyson, Obama e um novo Cosmos: uma breve análise sobre a representação do negro na ciência 2021-01-23T03:25:32-05:00 Luciana Ribeiro Aparecida Carlos Lacrelowe lacrelowe@gmail.com Alexandre Freitas Campos sksn@bol.com.br <p style="margin: 0cm; text-align: justify;"><span lang="PT-BR">Este trabalho visa analisar a questão da representação da pessoa negra na produção audiovisual de divulgação científica Cosmos. Para isso, selecionamos como objeto as duas temporadas da série, exibidas, respectivamente, em 1980 e 2014 – cada uma com 13 episódios. Utilizamos como principal referencial teórico o livro Cultura e Representação, de Stuart Hall. Ao comparar as duas versões da série, tendo a obra de Hall como base norteadora, pretendemos avaliar se Cosmos pode ser considerada como um exemplo de ampliação da pluralidade e diversificação desta representação, rompendo com certos estereótipos relacionados ao aspecto de raça e etnia na produção audiovisual de divulgação cientifica. Apresentamos como proposta uma análise multimetodológica em consonância com uma revisão bibliográfica, assim como traçamos alguns paralelos entre o objeto de análise e outras produções audiovisuais que, de algum modo, também dialogam com a problemática do artigo, relacionando o negro e o contexto científico. </span></p> 2020-12-31T00:00:00-05:00 Direitos de Autor (c) 2020 Herança - Revista de História, Património e Cultura https://revistas.ponteditora.org/index.php/heranca/article/view/308 O temor da ressignificação do tema Financiamento Público Educacional no atual cenário brasileiro 2021-01-23T03:25:07-05:00 Roberta Bocchi Maria Bueno robertabocchi66@gmail.com <p>O Financiamento Público Educacional constitui um espaço de disputa de poder, onde a parte mais fraca é aquela que se cala, a dos financiados. No atual cenário brasileiro de recessão financeira anunciada, é urgente a reflexão sobre as questões que envolvem esse tema, do contrário, corremos o risco de perder recursos financeiros que, até então, após um histórico de luta, estiveram presentes no orçamento público das diversas esferas governamentais. Nesse contexto, aprofunda-se, aqui, essa discussão, levantando-se alguns aspectos históricos, orçamentários e educacionais e propondo uma reflexão crítica sobre o tema. &nbsp;Busca-se caracterizar a questão do Financiamento Público como um dos principais pilares de sustentação para uma educação pública capaz de combater o imobilismo que se instalou entre o poder dominante e os financiados e erguer uma bandeira revolucionária de discussão sobre o tema aqui proposto e sua responsabilidade com a Educação Básica Pública, vista como um ato político.</p> 2020-12-31T06:31:25-05:00 Direitos de Autor (c) 2020 Herança - Revista de História, Património e Cultura https://revistas.ponteditora.org/index.php/heranca/article/view/311 A Colegiada de Nossa Senhora da Conceição de Angra 2021-01-23T03:24:44-05:00 Luís Henriques luiscfhenriques@gmail.com <p>A igreja colegiada de Nossa Senhora da Conceição, localizada no centro histórico da cidade de Angra, foi uma importante instituição litúrgico-musical no final do século XVIII sendo dissolvida pelo decreto da reforma eclesiástica de 17 de maio de 1832. O presente estudo examina a atividade musical desta instituição e o seu impacto enquanto centro importante na paisagem sonora de Angra. As referências da própria igreja e outras instituições, como as fontes do arquivo musical da Catedral e a atividade de outras igrejas colegiadas, foram transpostas para o contexto de Angra como forma de reconstruir a atividade da colegiada da Conceição.</p> 2020-12-31T06:33:28-05:00 Direitos de Autor (c) 2020 Herança - Revista de História, Património e Cultura https://revistas.ponteditora.org/index.php/heranca/article/view/307 Samba e Polícia 2021-01-23T03:24:22-05:00 Eduardo Brasil Barbosa eduardojuniorb@gmail.com <p>O objetivo deste trabalho é resgatar através de três sambas produzidos em épocas distintas, a violência policial como traço comum na linguagem do sambista, como um foco de resistência e contra-hegemonia frente ao Estado. Por meio da análise crítica do discurso sobre as três composições: Delegado Chico Palha (1938), Assim não Zambi (1979) e Numa cidade muito longe daqui - Polícia e Bandido (2009) percebe-se que o samba pode ser compreendido tanto como uma espécie de crônica do cotidiano carioca, como também um produto cultural e de resistência popular em relação ao poder coercitivo do Estado exercido pela polícia. Desse modo, busca-se comprovar que o samba é um material profícuo e um corpus legítimo para a análise dessa questão. Ao refletir sobre o papel da polícia na cidade do Rio de Janeiro, a violência policial aparece como traço em comum e fio norteador desses três sambas analisados para o artigo, pois ao invés de garantir a ordem pública e mediar os conflitos, a violência policial, conforme retrada pelos sambistas, acaba por causar graves transtornos.</p> 2020-12-31T06:35:48-05:00 Direitos de Autor (c) 2020 Herança - Revista de História, Património e Cultura