Os Transgressores Compulsivos da Lona Preta: Rompendo a Cerca Abissal para Manutenção do Estado Democrático de Direito

The Black Canvas Compulsive Offenders: Breaking the Abyssal Fence to Maintain the Democratic Rule of Law

  • Cristiane de Souza Reis Instituto de Estudos Comparados em Adminstração de Conflitos
Palavras-chave: Movimentos sociais, direitos humanos, contra-hegemonia, espaço social, criminalização

Resumo

Diversos são os movimentos sociais no Brasil, na América Latina, no mundo. No entanto, o foco deste trabalho serão os movimentos sociais agrários no Brasil. A luta dos movimentos sociais por seus interesses e demandas é árdua e dificultada, sobretudo, pelas elites econômicas e políticas, que respondem e contrapõem às suas lutas com repressão e criminalização. Assim, neste artigo, apresentarei alguns casos de criminalização social dos movimentos sociais, em especial o Movimento dos Sem-Terra – MST, mas, ao mesmo tempo, a capacidade de resistência e de luta que os movimentos sociais contra-hegemônicamente apresentam e se fazem presentes, ocupando espaços públicos. E é justamente a visibilidade que ganham a ocupar estes espaços, sobretudo por lutar por demandas que perspassam, inclusive, por questões de cidadania, direitos humanos, justiça, igualdade, entre outros, que a criminalização mencionada ganha força hegemonicamente.

Publicado
2020-05-20