Efeito agudo dos exercícios resistidos e exercícios aeróbicos sobre a pressão arterial de homens hipertensos leves

  • Vargas, E. Labemmol - Escola de Educação Física e Desporto, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil
  • Cahuê, F. Labemmol - Escola de Educação Física e Desporto, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil
  • Pinto V. S.
  • Viana-Gomes D Labemmol - Escola de Educação Física e Desporto, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Resumo

Atualmente há uma grande procura de hipertensos para a prática de atividades físicas. Embora venha sendo bastante investigada e documentada, a influência da intensidade do exercício na magnitude e duração ainda é controversa. O objetivo desse estudo foi analisar o efeito agudo de exercícios resistidos e aeróbicos sobre a pressão arterial em homens hipertensos leves. A amostra foi dividida em dois grupos, grupo (ER) Exercício Resistido (n=7) e grupo (EA) Exercício Aeróbico (n=7). A PAS e PAD foram aferidas antes de cada sequência de exercícios por métodos auscultatórios e imediatamente após o termino de cada sequência, sendo monitorado em ciclos de 15 minutos, em repouso absoluto durante 60 minutos para comparar a magnitude e duração do comportamento da pressão arterial pós-treino. Foram utilizados os seguintes protocolos de treinamento com duração total de três dias sendo dias alternados. Grupo EA 40 minutos na esteira, com 80% da frequência cardíaca máxima e o grupo ER 4 sets de 20 repetições com 50% de 1RM, com intervalos de 2 a 3 minutos entre exercícios e 60 a 90 segundos por séries. E foi encontrado um maior efeito hipotensor no grupo ER comparado ao grupo EA pós-treino. Portanto, o estudo indica que o exercício de força não parece oferecer risco quando ao aumento da PA e da FC em indivíduos hipertensos em resposta aguda ao treino, indicando ser seguro para essa população.

Biografias Autor

Vargas, E., Labemmol - Escola de Educação Física e Desporto, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Graduado em Licenciatura plena em Educação Física pela Universidade Iguaçu (2012). Graduado em Bacharel em Educação Física na Universidade Iguaçu (2014). Pós-graduado em Cinesiologia e Biomecânica pela Faculdade Metropolitana São Carlos FAMESC (2017). Pós-graduado em Fisiologia do Exercício e Nutrição Esportiva pela Faculdade Metropolitana São Carlos FAMESC (2018). Pós-graduado em Personal Training: bases biomecânicas e fisiológicas na prescrição do treinamento de força (2019). Pesquisador no Laboratório de Bioquímica do Exercício e Motores Moleculares, Departamento de Biociências da Atividade Física, Escola de Educação Física e Desporto, UFRJ. Com a linha de pesquisa em estresse oxidativo, treinamento de força em ratos. Coordenador administrativo de pós-graduação (Lato Sensu), coordenador acadêmico dos cursos de pós-graduação (Lato Sensu) em Personal Training: bases biomecânicas e fisiológicas na prescrição do treinamento de força. Coach em bodybuilding e emagrecimento e Ciências do futebol e futsal pela Unisaúde Educacional. Docente em cursos de pós-graduação pela Unisaúde Educacional. Tem experiencia na área de Fisiologia, com ênfase em funções mecânicas, físicas e bioquímicas promovida pelo exercício físico, atuando principalmente nos seguintes temas: cinesiologia e biomecânica no treinamento de força e esportivo; fisiologia do exercício; estresse oxidativo; metodologia da pesquisa, produção científica e TCC.

Cahuê, F., Labemmol - Escola de Educação Física e Desporto, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Possui Licenciatura Plena, é Mestre em Educação Física e Doutor em Ciências Cardiovasculares pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Foi Professor Substituto nas Cadeiras de Fisiologia do Exercício e Introdução à Bioestatística pela Escola de Educação Física e Desportos/UFRJ no período entre 03/2016 e 12/2017. Tem experiência na área de Treinamento Físico (com expertise em grupos especiais) e Avaliação Funcional e no momento se dedica à pesquisa na área de produtos naturais, exercício físico, cardioproteção e remodelamento cardíaco.

Viana-Gomes D, Labemmol - Escola de Educação Física e Desporto, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Professor das disciplinas Atletismo e Orientação do Departamento de Corridas da UFRJ. Participou em competições de pista desde 2001 e a partir de 2008 atuou como treinador de corrida. Em 2011 ingressou na docência do Ensino Superior, com experiência em gestão de curso (coordenação) e na Comissão Própria de Avaliação (CPA). Pesquisa na área de Atletismo, Orientação, Treinamento Físico, Bioquímica e Fisiologia.

Publicado
2021-01-14