Um ensaio: enfermeira e cuidadora informal, a intersubjetividade do cuidar Um ensaio: enfermeira e cuidadora informal, a intersubjetividade do cuidar

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Carla Nascimento
https://orcid.org/0000-0002-4880-0141

Resumo

Eu dava banho na minha mãe – ela sempre gostava disso – e eu tratava ela com muito carinho. Ela morreu nos meus braços quando dava banho nela. E depois que ela morreu, eu fui ao médico e disse a ele que estava muito nervosa e tinha dor de barriga porque tinha cuidado durante sete anos da minha mãe com Alzheimer. E ele fez exames, e disse, “Isto não é nervos, é uma úlcera, de falta de alimentação. Ainda bem que sua mãe morreu agora, porque se tivesse resistido mais um pouquinho, ela teria levado você junto”.


 (in Brown, 2010)

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Nascimento, C. (2021). Um ensaio: enfermeira e cuidadora informal, a intersubjetividade do cuidar: Um ensaio: enfermeira e cuidadora informal, a intersubjetividade do cuidar. JIM - Jornal De Investigação Médica, 2(2), 007–014. https://doi.org/10.29073/jim.v2i2.424
Secção
Artigos