A gestão de conflitos no alojamento local – O caso da Região Autónoma da Madeira

  • Elvio Camacho Universidade Lusiada
  • Sancha de Campanella Centro de Investigação ISAL
Palavras-chave: Gestão de conflitos, Alojamento Local, Legislação Turística, Direito do Turismo.

Resumo

No presente artigo efetuou-se a analise do impacto do crescimento exponencial do alojamento local na adoção pelas autoridades governamentais de novas leis, de novas políticas de gestão e regulação desta atividade. Ao nível metodológico recorreu-se a uma metodologia mista de carácter exploratório, onde se identifica a capacidade do legislador em dar resposta a todos os conflitos inerentes, bem como, a contínua necessidade de ajustar a lei ao desenvolvimento desta atividade. As diferentes formas de efetuar reservas e os múltiplos intervenientes neste processo, resultam numa multiplicidade de formas de habitação proporcionada aos clientes, gerando diversos conflitos. Identificou-se que a presente legislação, é capaz de responder a todos os conflitos identificados e que as estratégias ou alterações á lei, foram preconizadas com o objetivo de uma maior abrangência das mesmas. É analisado em termos de aplicações práticos o caso do alojamento local na Região Autónoma da Madeira (RAM).

Publicado
2020-12-19